O que acontece é que depois dos sessenta anos, período conhecido como terceira idade o organismo da maioria das pessoas já não consegue absorver tão bem alguns nutrientes importantes dos alimentos. O uso contínuo de remédios, também pode comprometer a capacidade de absorção e o paladar.

O consumo constante de amêndoas, legumes, verduras, cebola e alho compensam as perdas de vitaminas importantes do complexo B, entre outras substâncias benéficas a saúde.

Os estudos recomendam que as pessoas com mais de 60 anos consumam alimentos ricos em cálcio, como o leite, os queijos, o iogurte, a couve, o espinafre, a rúcula e os brócolis. “Estes alimentos podem ajudar a combater doenças nos ossos como a Osteopenia e a Osteoporose”.

As frutas também devem ser consumidas, uma vez que “são importantes fontes de Vitamina C e contam com antioxidantes, que combatem os radicais livres e protegem o organismo”.

Destaca-se ainda a importância do consumo de água “pelo menos 2 litros por dia, como condição para melhorar o desempenho de vários órgãos como rins e intestino e eliminar as toxinas”.

Ana Carolina Costa Nutricionista Estilo Vitae. CRN :10101258